Papinha de beterraba, inhame e cenoura

Voltei de viagem ontem e hoje não tinha nenhuma papinha salgada para o almoço da Vic. Ela está comendo toda a papinha de abóbora super bem, mas hoje tomei coragem para fazer um novo sabor.

Como li em alguns sites para começar com legumes mais doces, hoje optei por colocar beterraba e cenoura e para dar deixar bem pastoso, ainda adicionei inhame. A Victoria gosta das papinhas bem grossas.

Ah, como eu já disse, só cozinhava doces e hoje na hora de descascar o inhame fiquei cheia de coceira na mão. A casca de inhame irrita a pele. Algumas pessoas tem mais sensibilidade que outras. Acho que a minha sensibilidade é bem grande. A Maria, que faz a faxina na minha casa, ficou rindo. A danada sabia e nem me avisou. Agora vou usar luvas. A coceira já diminuiu bastante. Só estou com as mãos ressecadas de tanto que eu lavei.

Vamos a receita da papinha.

Ingredientes:

  • 3 cenouras pequenas
  • 3 beterrabas pequenas
  • 4 inhames pequenos
  • espinafre (coloquei umas 10 folhas pequenas)
  • 250 de músculo cortado em pedaços
  • meia gema de um ovo cozido

Modo de fazer:

  • Colocar 600 ml de água com o músculo em uma panela. Deixar em fogo brando por 50 minutos.
  • Adicionar o inhame, cenoura, espinafre e beterraba.
  • Cozinhar por aproximadamente 15 minutos. Eu deixei um pouco mais porque a beterraba não queria ficar mole de jeito nenhum.
  • Passar os legumes depois de cozidos em uma peneira, retirando e desprezando a carne e o vegetal folhoso.
  • Depois de pronta coloquei meia gema cozida. A Pediatra disse para eu dar 3 vezes por semana. É bom verificar com a sua pediatra se você pode colocar a gema também.
  • Coloquei uma pitada de sal. Na viagem eu esqueci o sal e a Vic comeu sem sal. Como essa era nova eu coloquei um pouquinho de nada.

Depois de pronta fui dar para a minha filhota. Na primeira colherada ela fez uma cara feia. Pensamento da mãe: “Por favor, essa cara é a que ela faz sempre quando come. Está só provando.” Não abriu a boca para a segunda colherada. Fiquei esperando e nada. Ela começou a ficar “mastigando” o pouco que eu tinha dado. Meu pensamento: “Ela está só verificando o novo sabor. Ela vai abrir a boca. Por favor! Não rejeita a papinha. Só tem esse sabor. A não ser que você queira aquela primeira que eu fiz super aguada que está congelada. :)” Finalmente ela abre a boca e começa a comer. Comeu tudo sem reclamar. Acho que ela já acostumou com os novos sabores.

Já estou pensando no novo sabor para a próxima. Agora já tenho duas opções. Estou aliviada.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *